TPM (tensão pré-menstrual) é um tormento para muitas mulheres, pois podem sentir dor de cabeça, intestino preguiçoso, oscilação de humor, inchaço, cansaço, dificuldade de concentração, insônia, vontade de comer carboidratos como doces, entre outros…

Comer bem e de modo saudável é importante. Mas ter o equilíbrio alimentar com todos os nutrientes, incluindo carboidratos, proteínas, gorduras, fibras, vitaminas e minerais, aliviarão os sintomas. No entanto, não vale focar esta boa alimentação apenas na TPM, o importante é comer bem sempre, para prevenir.

Para algumas, o chocolate pode sim ajudar a diminuir os sintomas de alteração de humor, ansiedade e depressão. Lembro que muitos acham que as mulheres ficam descontroladas e/ou gulosas nessa fase, mas há uma justificativa fisiológica para este desejo por chocolate.

Há mudanças hormonais no organismo, principalmente a queda da serotonina – o neurotransmissor responsável pela sensação do bem-estar que atua no equilíbrio emocional. E, para produzi-la, é preciso triptofano. Pois o cacau é rico em triptofano, ele é a matéria-prima para produzir chocolate (obs.: chocolate branco não é fonte de cacau). Logo, comer chocolate ajudará a diminuir a TPM, pois dá prazer.

chocolate146954752

Por outro lado, na TPM há o aumento do hormônio estradiol, e uma consequente melhora da sensibilidade do paladar, principalmente para doces – o que justificaria a compulsão. Além disso, há a queda do ferro, por isso muitas mulheres podem apresentar leve anemia, ter sintomas de cansaço e falta de concentração. Desse modo, o sabor doce poderá dar a sensação de prazer, e o açúcar do chocolate poderá dar energia.

Entretanto, o equilíbrio na quantidade e na qualidade do produto evitarão que a mulher ganhe peso extra. Controle a gula, compre o chocolate com maior teor de cacau e coma o equivalente a 1 colher de sopa ou 2-3 quadradinhos.